terça-feira, 8 de abril de 2008

Zelo (Fundo da Adega, safra 2000)


Por enquanto, só te peço silêncio,
Só o nosso silêncio,

Meu apelo é ao teu olhar,
Que é doce e meigo.
E meu zelo pelo teu corpo,
Não é segredo,
É puro medo de seguir sem tê-lo,
Puro desejo de chegar ao centro,

Fechar contigo em som,
Em verso,

E líquido...


Um comentário:

Luhh Freitas disse...

Acho que nem precisaria dizer que amei! ;)