quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Vai...



Vai, minha pipa,
Conhecer o mundo,
Lá do alto,
Pra depois me contar (teus caminhos).

Vai, minha mensagem,
Numa garrafa no mar,
Cruzar oceanos,
Contar dos meus profundos (pra ti).

Vai minha vida,
Crescer, como nunca,
Nesse mundo azul,
Enquanto te espero,
Enquanto sonho meus sonhos (contigo)...


4 comentários:

ju peres disse...

lindo esse final!
=D

Anônimo disse...

...especial...
continuo lendo palavra por palavra

Luhh Freitas disse...

sempre mto bom ler oq vc escreve amigo!

bjokas

janice diniz disse...

Tão bonito, bonito... Lirismo é o teu chão; sensibilidade, teu nome.

Quero te apresentar meu novo blogue, em parceria com um amigo que escreve muuuuito, dá uma força e nos visite... eu ia adoorar!

http://duodrama.wordpress.com/

São textos meus e dele, J. Menezes.

Beijão, gaúcho!