segunda-feira, 31 de agosto de 2009

'Amor Fati'




Sinto tua alma comigo,
E não sei minha cabeça,
Sou só coração.

Tenho teus poros, que me encaixam,
E sou pura ardência,
Caio pleno de paixão.

Embriago meus passos,
Pelas avenidas e viadutos do teu corpo,
E adeus lucidez!

Passaria a vida,
Rabiscando versos,
Sobre esse amor, que sempre esperei,
Sim, já percebi: Passarei...

2008

9 comentários:

Ana Carolina disse...

Amor por um destino ou um destino de amor?
Estou me tornando redundante, mas o melhor adjetivo é: perfeito!

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador... percebo um contista aprisionado nas rimas e versos... fã de clarice... já tentou a aventura da prosa? experimente... depois da primeira, nunca mais suas letras serão as mesmas!

Sw? disse...

"E não sei minha cabeça,

Sou só coração."

nossa que lindo

. disse...

Que bonitinho!!!!! (Sinto tua alma comigo, e não sei minha cabeça, sou só coração)

Fabiola disse...

querido poetaberneiro..
que lindo
que lindo
aplausos mil!
e ja vou indo..

bjo grande!!

Wanderley Elian Lima disse...

Amor e luxúria, combinação perfeita.
Voltarei.
Um abraço

Rocha disse...

Olá!
Cara gostei do seu blog show, not°10 desejo muito sucesso e tudo de bom
Um grande abraço
http://maximumforma.blogspot.com/

Ira Buscacio disse...

Olá taberneiro!

Bons vinhos por aqui. Bebi até a embriagues.
Parabéns!

MARIGEO disse...

coolll.