sábado, 16 de agosto de 2008

Calmaria



Estar com você é manter os pés no chão,

É voar mão com mão,

É sentir a brisa no rosto,

No corpo, luz e aconchego.


Dia e noite poesia

Noite e dia calmaria


Desço o morro, e lá do alto já se via,

Cá embaixo, o brilho teu já seduzia,

Ninguém pode dizer que não.


Dia e noite poesia

Noite e dia calmaria


Louco tempo já se ia,

De guerra tanta, alma fria,

De mágoa e pranto, até a minha...


Mas com você me espanto,

É sempre assim:


Dia e noite poesia

Noite e dia calmaria

Sempre calmaria...



2 comentários:

janice diniz disse...

Muito bom! Parece música, tem melodia,ritmo melancólico mas muito bonito...a melancolia do estar-junto é realmente muito bonita!

Em tempo, obrigada pela visita.


Abração

...Natália Monique... disse...

noss...ótimo...
romântico...


bjo