terça-feira, 2 de março de 2010

A Estrada


Tenho uma estrada a minha frente.
E no caminho que já percorri,
Por vezes, tive medo,
Outras vezes, pensei em desistir.
O caminho que percorri,
Nem sempre foi de linha reta,
Mas realmente nem tão sinuoso sempre foi,
Os buracos, os pedágios e os momentos em que tive de parar no caminho que percorri,
Me fizeram aprender, me permitiram viajar, me fizeram pensar, me ensinaram a ter paciência, a esperar...
Tenho uma estrada pela frente,
Um crucifixo preso ao retrovisor,
Um rádio funcionando,
Um motor com boa potência,
Mas hoje, sinto um prazer diferente ao ver a estrada e suas faixas, o horizonte...suas placas,
Hoje, à minha direita, tenho carona, passageira, co-pilota e companheira,
E por vezes, revezamos a direção,
E por vezes, dirigimos um no colo do outro,
E nenhum quilômetro nos passa em vão.
Então percebi que de mãos dadas,
Dirigindo lado a lado pela estrada,
É muito mais gostosa a viagem,
É tão mais bonita a paisagem…


4 comentários:

O Estranho e A Jornalista disse...

Eu add teu blog... gostei das tuas poesias

Marcinha disse...

Por que será que sempre que passo por aqui me pergunto por que demoro tanto tento pra voltar??!!

A DO RO cada palavra que escreve!!!

bjão!!!

Ps: Quero revesar a direção com alguém também, mas tá tão difícil... É, tá difícil mesmo!!! (rs)

Sw? disse...

huhu q saudade eu tava daqui....
adoro seus textos!!

Eu disse...

Estive por aqui em 7 de março dizendo que queria revesar a direção com alguém tb... que tava difícil...

Hoje, venho aqui para dizer que poucos dias depois encontrei alguém para revesar essa direção comigo.

Na verdade, qdo estamos em uma estrada, nas curvas da vida, na pressa do caminho... não temos tempo ou vontade de apenas esperar, acalmar, observar, mudar a direção... E foi isso que eu fiz, apenas mudei a direção para encontrar o meu companheiro de viagem.

Isso não quer dizer que esse companheiro tenha se encaixado bem depressa... não!!! A verdadeira "metade" se encaixa devagar, se molda, reparte, se adequa, cede, entende, perdoa, pára seu tempo para olhar o outro e aceitá-lo como ele é...

AMOR é isso!! É se moldar, não mudar o outro... é aceitar o outro com suas imperfeiçoes e encontrar alguém que aceite as suas... AMAR é olhar para o outro como um TODO e não apenas como uma METADE...